Há-116-concelhos-em-risco-elevado-ou-muito-elevado

Há 116 concelhos em risco elevado ou muito elevado

Há ainda 29 concelhos em alerta. Veja as listas

Há esta semana 116 concelhos em risco elevado ou muito elevado, mais 26 do que na semana passada. Este conjunto de concelhos é o que tem, por exemplo, a obrigatoriedade de apresentação do certificado ou teste negativo nos restaurantes ao fim de semana, ou o dever de recolhimento entre as 23h00 e as 5h00.

O número de concelhos em risco muito elevado aumentou de 46 para 61 numa semana, enquanto o número de concelhos em risco elevado aumentou de 44 para 55.

Há ainda 29 concelhos em alerta.

A ministra Mariana Vieira da Silva não adiantou novas medidas de combate à pandemia, atirando a decisão do Governo para após a próxima reunião no Infarmed, na próxima terça-feira.

“É hoje claro que o nível de transmissão, mesmo continuando acima de 1, é menor do que nas últimas semanas”, disse, no briefing após o Conselho de Ministros.

Quanto à incidência, Mariana Vieira da Silva referiu que “o ritmo de crescimento agora é menor” e que Portugal está localizado num “vermelho menos denso” na matriz de risco. “Não é um alívio, mas é um bom sinal”, acrescentou.

Concelhos em risco muito elevado:

  • Albergaria-a-Velha
  • Albufeira
  • Alcochete
  • Alenquer
  • Aljustrel
  • Almada
  • Amadora
  • Arraiolos
  • Aveiro
  • Azambuja
  • Barreiro
  • Batalha
  • Benavente
  • Cascais
  • Espinho
  • Faro
  • Gondomar
  • Ílhavo
  • Lagoa
  • Lagos
  • Lisboa
  • Loulé
  • Loures
  • Lourinhã
  • Lousada
  • Mafra
  • Maia
  • Matosinhos
  • Mira
  • Moita
  • Montijo
  • Nazaré
  • Odivelas
  • Oeiras
  • Olhão
  • Oliveira do Bairro
  • Palmela
  • Paredes
  • Pedrógão Grande
  • Peniche
  • Portimão
  • Porto
  • Póvoa de Varzim
  • Santo Tirso
  • São Brás de Alportel
  • Seixal
  • Sesimbra
  • Setúbal
  • Silves
  • Sines
  • Sintra
  • Sobral de Monte Agraço
  • Tavira
  • Vagos
  • Valongo
  • Vila do Bispo
  • Vila Franca de Xira
  • Vila Nova de Famalicão
  • Vila Nova de Gaia
  • Vila Real de Santo António
  • Viseu

Concelhos em risco elevado:

  • Águeda
  • Alcobaça
  • Alcoutim
  • Amarante
  • Anadia
  • Arruda dos Vinhos
  • Avis
  • Barcelos
  • Bombarral
  • Braga
  • Cadaval
  • Caldas da Rainha
  • Cantanhede
  • Cartaxo
  • Castelo de Paiva
  • Castro Marim
  • Chaves
  • Coimbra
  • Constância
  • Elvas
  • Estarreja
  • Fafe
  • Felgueiras
  • Figueira da Foz
  • Guarda
  • Guimarães
  • Leiria
  • Marco de Canaveses
  • Marinha Grande
  • Mogadouro
  • Montemor-o-Novo
  • Montemor-o-Velho
  • Murtosa
  • Óbidos
  • Ourém
  • Ovar
  • Paços de Ferreira
  • Paredes de Coura
  • Penafiel
  • Porto de Mós
  • Rio Maior
  • Salvaterra de Magos
  • Santa Maria da Feira
  • Santarém
  • Santiago do Cacém
  • São João da Madeira
  • Serpa
  • Torres Vedras
  • Trofa
  • Valpaços
  • Viana do Castelo
  • Vila do Conde
  • Vila Real
  • Vila Viçosa
  • Vizela

Concelhos em alerta:

  • Aljezur
  • Almeirim
  • Almodôvar
  • Amares
  • Beja
  • Bragança
  • Celorico de Basto
  • Cinfães
  • Cuba
  • Entroncamento
  • Esposende
  • Évora
  • Freixo de Espada à Cinta
  • Mealhada
  • Miranda do Douro
  • Mirandela
  • Montalegre
  • Moura
  • Odemira
  • Oliveira de Azeméis
  • Pombal
  • Ponte de Lima
  • Póvoa de Lanhoso
  • Resende
  • São João da Pesqueira
  • Tomar
  • Torres Novas
  • Vale de Cambra
  • Vila Pouca de Aguiar

O Governo prolongou a situação de calamidade em todo o território nacional continental até às 23h59 do dia 8 de agosto de 2021.

admin

Web Designer da Empresa GBC-BEAM.