coronavirus, doctor, research-4944680.jpg

Covid-19: Ordem dos Médicos pede cautela e sublinha que plano de desconfinamento foi delineado antes da variante Delta

A Ordem dos Médicos sublinha que o plano de desconfinamento “delineado pelo governo foi antes de a estirpe Delta assolar o nosso país e pede cautela no alívio de restrições.

“Temos de dar um passo atrás e ter algum cuidado”, disse Regina Correia, do gabinete de crise da Ordem dos Médicos, à SIC.

Sobre a meta atingida antecipadamente por Portugal de ter 70% da população totalmente vacinada, a especialista considera que “é um orgulho”, mas sublinha que “não basta olhar só para a taxa de cobertura vacinal” para aliviar as restrições no país.

“Este plano delineado pelo Governo foi antes de a estirpe Delta assolar o nosso país”, ressalva, e agora sabe-se que “a imunidade de grupo não se atingirá como se estava a pensar.”

“Temos de dar mais algum tempo e olhar para indicadores compostos”, defendeu a representante da Ordem dos Médicos à SIC. Estes indicadores passam pelo índice de avaliação pandémica e a combinação das taxas de transmissibilidade/incidência.

Além disso, refere a especialista, “o indicador que seria desejável que fosse analisado para decidir o fim de algumas medidas restritivas que estão previstas para esta segunda fase teria de incluir quer o número de óbitos – somos dos que temos o número mais elevado da União Europeia – e também o número de internamentos hospitalares e números de cuidados intensivos”.

“A decisão daqui a 15, 20 dias, até poderá ser de abandonar as máscaras na via pública, não sabemos. O que é necessário é ter alguma atenção e com muito cuidado olhar retrospectivamente, olhar para os primeiros vacinados e o que se está passar com eles”, alertou.

“Algumas medidas desta segunda fase de desconfinamento são complicadas, nomeadamente os 100% de capacidade dos transportes públicos”, sublinha.
Deixar cair a obrigatoriedade de uso de máscara poderá gerar “angústia na população”, defende a especialista, alegando que algumas pessoas vão continuar a usar e outras não, criando uma situação de potencial conflito.

O Governo marcou uma reunião extraordinária em Conselho de Ministros para esta sexta-feira, de forma a decidir sobre uma eventual antecipação da próxima fase de desconfinamento, segundo apurou a Multinews junto de fonte governamental.

fonte: https://multinews.sapo.pt/atualidade/covid-19-ordem-dos-medicos-pede-cautela-e-sublinha-que-plano-de-desconfinamento-foi-delineado-antes-da-variante-delta/

admin

Web Designer da Empresa GBC-BEAM.