Vacinas da AstraZeneca e Pfizer

Covid-19: AstraZeneca e UE chegam a acordo sobre vacinas e terminam processo em tribunal

A Comissão Europeia e a AstraZeneca chegaram, esta sexta-feira, a acordo sobre a entrega de vacinas que estavam em falta, dando assim por terminado o processo em tribunal.

https://ec.europa.eu/commission/presscorner/detail/en/ip_21_4561

Em comunicado, a Comissão adianta que a AstraZeneca compromete-se, no âmbito do acordo, a entregar 60 milhões de doses da vacina até ao final do terceiro trimestre de 2021; cerca de 75 milhões até ao final do quarto trimestre de 2021 e 65 milhões até ao final do primeiro trimestre de 2022.

“Estou muito satisfeito por termos conseguido chegar a um entendimento comum que nos permite avançar e trabalhar em colaboração com a Comissão Europeia, para ultrapassar a pandemia”, disse Ruud Dobber, Vice-Presidente Executivo da Unidade de Negócios Biofarmacêuticos da AstraZeneca.

O responsável sublinha que estão “totalmente empenhados em produzir a Vaxzevria para a Europa após o lançamento de mais de 140 milhões de doses. Também estamos ansiosos para trabalhar com a Comissão Europeia, num esforço conjunto para apoiar ainda mais a COVAX” (mecanismo da OMS), acrescentou.

De recordar que o processo judicial, imposto pela Comissão Europeia contra a AstraZeneca, foi iniciado em Bruxelas a 21 de abril de 2021. As audiências em tribunal foram agendadas para o final de setembro de 2021.

A Comissão queixava-se dos constantes atrasos nas entregas previstas da farmacêutica e exigia que os prazos fossem cumpridos, com novas entregas, algo que agora a AstraZeneca se compromete a fazer.

Até ao momento, a AstraZeneca e os seus parceiros forneceram mais de 1,1 mil milhões de doses de vacina para mais de 170 países. Aproximadamente dois terços foram para países de baixos e médios rendimentos.

admin

Web Designer da Empresa GBC-BEAM.